sábado, fevereiro 18, 2017

TRATADO DO CANTE – Grupos Corais:

ODEMIRA – Odemira

Grupo Coral de Odemira
Praça José Maria Lopes Falcão
7630 - 174 Odemira
Tm. 967 810 569 (Presidente da Direção: Nuno Almeida)





Ficha Técnica:                  

. O grupo foi fundado em 1977.

. Ensaiam às Sextas feiras, à noite.

. O Grupo é formado por 25 elementos:

. Trajo: Calça preta; Colete preto; Camisa branca; Lenço, amarelo e verde (Cores do Concelho); Chapéu preto.

. Histórico: Actuam de norte a sul do País, com especial incidência no Alentejo e na zona da grande Lisboa, em Encontros de Grupos Corais, Desfiles e Festas. Actuaram num Programa televiso, na SIC.

. Registos fonográficos:
2000 (CD): Um cantar que é nosso (registo sonoro)
Edição: Câmara Municipal de Odemira.
- Grupos: Grupo Coral de Sabóia; Grupo Coral Vozes Femininas de Amoreiras-Gare; Grupo Coral de Vila Nova de Milfontes; Grupo Coral de Odemira.
- Modas: (1) O meu concelho é Odemira; É bonito ver no campo; Alentejo, Alentejo; (2) Odemira, linda vila; Alentejo de outrora; Ó lampião, lampião; O comboio; (3) Andorinhas; Minha terra tem; O mar é o meu vizinho; Milfontes é linda; (4) A ribeira do Sol Posto; Morena de raça; Aurora vive na serra; Ao romper da bela aurora, sai a pomba do pombal; (todos) O rio Mira quando enche.
Grupos do Concelho de Odemira.
Cota: FF CA CD-0036


. Repertório: Do seu reportório fazem parte as "modas", que eram cantadas pelo antigo grupo: "Rouxinóis do Mira" e que se cantavam e cantam nesta zona. Algumas das letras foram adaptadas à nova realidade que se vive no Alentejo,     considerando também a zona onde o Grupo está inserido.

In: “Corais Alentejanos” (em actualização). De JFP. Edições Margem. 1997

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:

ODEMIRA – Vila Nova de Milfontes:

Grupo Coral de Vila Nova de Milfontes
Casa do Povo de Vila Nova de Milfontes
7645 Vila Nova de Milfontes





Ficha Técnica:                  
. O Grupo foi fundado em 13 de Dezembro de 1986.

. Ensaiam às Sextas feiras, à noite, na Casa do Povo.

. Encontro, anual, no Sábado a seguir ao dia 15 de Agosto.

. O Grupo é composto por 19 elementos.

. Trajo: Camisa azul, clarinha; Colete preto; Calça preta; Meia branca; Sapato preto; Lenço de seda, azul e branco.

. Historico:         Tem uma média de 10 a 12 desempenhos por ano. No Concelho actuam em  casamentos, festas, restaurantes, parques. Participam em Encontros de Grupos Corais, Desfiles e Festas, por todo o Alentejo e na zona da Grande Lisboa. Destacamos algumas: Tires; Cacém; Brandôa; Barreiro; Linda-a-Velha; Beja; Évora; Barrancos; Odemira; Castro Verde. Casa do Alentejo, em Lisboa; Monte da Virgem, no Porto; Coelima; Guimarães.

. Registos fonográficos:
1993 (K7): Milfontes és linda (registo sonoro),
Edição de Alberto Oliveira.
Cota: FF CA K7-0063


2000 (CD): Um cantar que é nosso (registo sonoro)
Edição: Câmara Municipal de Odemira.
- Grupos: Grupo Coral de Sabóia; Grupo Coral Vozes Femininas de Amoreiras-Gare; Grupo Coral de Vila Nova de Milfontes; Grupo Coral de Odemira.
Grupos do Concelho de Odemira.
Cota: FF CA CD-0036


. Repertório: As "modas" que cantam são as que se cantam por todo o Alentejo, com as letras adaptadas ao momento actual e à zona onde estão inseridos. Cassete (1993): Milfontes és linda; Portugal é um jardim; É tão lindo o Pôr do Sol; Os galos da minha rua; Minha terra é linda; És uma Europa unida; Milfontes tens o teu nome; O Mar é o meu vizinho; A Bandeira Portuguesa; No meu lindo Portugal; Andorinhas, andorinhas; Meu concelho é Odemira.

In: “Corais Alentejanos” (em actualização). De JFP. Edições Margem. 1997.

quinta-feira, fevereiro 16, 2017

TRATADO DO CANTE - Escrito:

"Em Modo Cante — um ano de Património da Humanidade
 Tomé Pires Presidente da Câmara Municipal de Serpa
(...)
O Cante é a identidade e a história do povo alentejano, que os grupos corais souberam, notavelmente, preservar e perpetuar até aos dias de hoje. Foi a enorme vontade de salvaguarda deste património imaterial, refletido em todo o processo de candidatura, que foi reconhecido pela UNESCO em novembro de 2014, com a inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.
(...)"


in: "A Tradição" (nova série). Revista etnográfica. Dossier UNESCO do Cante Alentejano. Edição Casa do Cante - Serpa. Número = de Novembro de 2015.Pág. 9.

terça-feira, fevereiro 14, 2017

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:

ALJUSTREL – Rio de Moinhos

Grupo Coral da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos
Junta de Freguesia de Rio de Moinhos
Rua Dr. Brito Camacho
7600 Rio de Moinhos



Ficha Técnica:                  

. O Grupo foi fundado em 1986.
        
. Ensaiam aos Sábados, à noite, no Centro de Convívio de Rio de Moinhos.

. O Grupo é composto por 26 elementos:

. Trajo: Calça de cotim azul; Camisa de Roupeiro, atada à cintura; Colete azul; Lenço de tons azuis, rameado; Bota de atanado, com atacadores; Chapéu "marialva".

. Histórico:         Este Grupo após a sua fundação tem actuado em diversos pontos do Alentejo, com especial destaque para o Baixo Alentejo (sua região), onde tem actuado em Encontros de Grupos Corais, Desfiles e Festas. Tem também actuado na zona da grande Lisboa, onde existe uma comunidade alentejana, bastante forte: Amadora; Tires; Baixa da Banheira; Barreiro.

. Registos fonográficos:
1997 (K7): Grupo Coral de Rio de Moinhos – Aljustrel  (registo sonoro), Edição de DUALSOM
FF  CA K7-0024


. Repertório: Cassete (1997): Modas: Aljustrel é meu concelho; O meu Alentejo doirado; É tão grande o Alentejo; Camponês sem terra; Meu querido Alentejo; Muito bem parece teu ramo de flores; Sou camponês concerteza; Rio de Moinhos, aldeia; Eu quero ir a Espanha.

. Outras considerações: Estão empenhados na gravação de outra cassete audio, mas tem encontrado algumas dificuldades, de ordem económica. Gostariam de actuar na Casa do Alentejo, em Lisboa, representando o    "cante" Alentejano e o seu concelho.

In: “Corais Alentejanos” (em actualização), de JFP. Edições Margem. 1997.

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:

ALJUSTREL – São João de Negrilhos:

Grupo Coral, Masculino, da Junta de Freguesia de São João de Negrilhos
Montes Velhos
7600 São João de Negrilhos




Ficha Técnica:             
-         O Grupo foi fundado em 1988.

-         Ensaiam às Sextas Feiras à noite.

-         Tem o seu Encontro anual em Agosto.

-         O Grupo é composto por 27 elementos:

-         Trajo: Colete cinzento; Calça cinzenta; Camisa azul clara; Lenço verde; Chapéu preto de aba direita.

-         Histórico:  Tem desempenhos por todo o Alentejo e na zona da grande Lisboa, onde se realizam Encontros de Grupos Corais, Desfiles e Festas. Registam-se os desempenhos em Conceição de Faro, Algarve; São Martinho do Porto; Serra d'El-Rei; Salgueiros.

-         Repertório: Do seu reportório fazem parte as "modas" que se cantam por todo o Alentejo, com as adaptações feitas, nas letras, da responsabilidade do Sr. António Fernandes, considerando a época actual e a zona onde estão inseridos.

In: “Corais Alentejanos” (em actualização), de JFP. Edição de Edições Margem. 1997.