quinta-feira, maio 30, 2019

TRATADO DO CANTE – Escrito:

Ofício de Cantar


Houve um tempo em que vieram os cantadores de mitos com suas violas de desespero. As cordas vibravam, tensas sob os dedos. Era o canto ou a mágoa diluindo-se contra as pedras, o folclore de súbito inventado. Um som inesperado interrompeu então o artifício, o hábito antigo. Mas o povo andava ainda longe e longe, nos seus ofícios de subsistir.”


in: “Crónica Segunda, de Manuel Simões. Edições Nova Realidade, Lda.. Novembro de 1976. Pág. nº. 69.

TRATADO DO CANTE - Modas e Cantigas


QUE INVEJA TENS TU DAS ROSAS


cantiga
Ponto: 
Fui à fonte beber água 
Achei um raminho verde
Quem o perdeu tinha amores
Quem o achou tinha sede


moda
Alto:
Que inveja tens tu da rosa
Coro:
Se és linda como elas são
Tratadas por tuas mãos

Alto:
Tratadas por tuas mãos
Coro:
Pelas tuas mãos mimosas
Se és linda como elas são

cantiga
Solo:
A rosa depois de seca
Foi-se queixar ao jardim
O jardineiro lhe disse
Tudo o que nasce tem fim.

moda
Alto: 
Que inveja tens tu da rosa
Coro:
Se és linda como elas são
Tratadas por tuas mãos

Alto:
Tratadas por tuas mãos
Coro:
Pelas tuas mãos mimosas
Se és linda como elas são

domingo, maio 26, 2019

TRATADO DO CANTE - Registos sonoros:


O Alentejo começa aqui” (CD)2019.




- Edição: Grupo Coral Alentejano “O Sobreiro”;

- Capa: Vitor Moinhos;

- Temas: 1. Baixa da Banheira está; 2. Nos campos do Alentejo; 3. Já rompeu a bela aurora; 4. Ai solidão, ai dão; 5. Quero ir ao Alentejo; 6. Linda jovem pastorinha; 7. Pastor Alentejano; 8. Eu subi aquele outeiro; 9. Quinta feira de ascensão; 10. Se passares à minha aldeia; 11. Marianita olha o pássaro; 12. Passarinho prisioneiro.


Grupo Coral Alentejano “O Sobreiro” - Baixa da Banheira

Cota FaiAlentejo: FF CA CD 0145