segunda-feira, julho 10, 2017

TRATADO DO CANTE - São Rosas!...

Cantam as filhas da rosa


Solo:                    
Cantam as filhas da rosa
Coro:                  
Cantam as filhas da rosa
Respondem lá do jardim:
O-la-ré quem canta, 
Canta assim.

Solo:                    
A minha fala não é
Coro:         
A minha fala não é
A mesma que era algum dia
A mesma que era algum dia
Solo:           
Quem ouvia a minha fala
Coro:         
Quem ouvia a minha fala
O meu nome conhecia
O meu nome conhecia.

Solo:          
Se soubesse cantar bem,
Coro:         
Se soubesse cantar bem,
Nunca estaria calado.
Nunca estaria calado.
Solo:           
Mesmo assim, cantando mal,
Coro:          
Mesmo assim, cantando mal,
Não vivo "desmaginado".
Não vivo "desmaginado".

Solo:           
A alegria abandonou-me,
Coro:                   
A alegria abandonou-me,
perdi todo o meu prazer.
perdi todo o meu prazer.
Solo:                    
Para viver abandonado,
Coro:                   
Para viver abandonado,
mais me valia morrer.
mais me valia morrer.