quarta-feira, abril 18, 2018

TRATADO DO CANTE - Almanaque:



É um amor legítimo, o meu,
À terra donde sou,
Feito de dor e espanto
E de uma tão grande paixão
Que esconde a própria alegria
Do meu canto.”

In: “Rio Degebe”, de Antunes da Silva. Prelo Editora. 1973. Pág. 9.