sexta-feira, novembro 20, 2015

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:
Grupo Coral e Instrumental "Ecos do Alentejo"
Odivelas -Loures

Ficha Técnica:
- O Grupo foi fundado em 12 de Novembro de 1982
- O Grupo é composto por 16 elementos.
- Trajo: Camisa branca; Gravata azul; Calça azul (homens); Saia azul (mulheres); Sapato preto.
- Histórico: Atuaram de Norte a Sul do País, em festas, encontros e desfiles. Estiveram uma semana na Suiça, onde fizeram 4 actuações, a pedido da Associação Portuguesa de Neuchatel. Actuaram para 3 programas da RTP. Actuaram uma vez para a RTPI. Tem presenças em todas as rádios locais, da zona da grande Lisboa. Na Rádio Lagos (Algarve), estiveram 3 semanas no 1º. lugar do TOP.
- Registos fonográficos: Gravaram 2 LP; 1CD; 6 cassetes; 1 single.
- Repertório: Tendo por base o cancioneiro Alentejano, fazem adaptações nas letras, da responsabilidade do Grupo. Destacamos: CD (1995): O Pastor pôs-se a pensar; As terras do Alentejo; Primavera em flor; Sines, tem porto de Mar; Quero ir ao Alentejo; Alto pinheiro ramudo; Nás somos Alentejanos; Tanta terra abandonada; Nos campos cantam os grilos; Cantarinhas de Beringel; Saias do Alto Alentejo; Nostalgia; Manhã fresca; Ceifeiras; Saias à nossa moda; Saias do Alentejo.
In: "CoraisAlentejanos" de JFP. Edições Margem. 1997.
NOTA: Grupo desactivado. Fica o registo.


quinta-feira, novembro 19, 2015

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:
Grupo Coral os "Os Unidos do Alentejo"
Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bem-Vinda a Liberdade,CRL
Faralhão - Setúbal



Ficha Técnica:
- O Grupo foi fundado em 13 de Março de 1983
- Grupo composto por 22 elementos:
- Trajo: Calça cinzenta/castanha; Colete cinzento/castanho; Camisa  azul riscada; Chapéu preto; Lenço rameado com fundo vermelho; Emblema do grupo;
- Histórico: Tem uma média de 15 a 20 desempenhos por ano, na sua grande maioria, no Alentejo e na zona da grande Lisboa, em Desfiles, Encontros de Grupos Corais e Festas. Gravaram uma cassete audio em 1990.
- Repertório: Cantam as "modas" que se cantam por todo o Alentejo e que conseguiram resistir ao tempo. Adaptaram algumas das letras ao momento actual e ao local onde habitam e trabalham.
- Registo Fonográfico: Cassete (1990):Trabalhador do  campo; Pastor alentejano; Fui colher uma romã; Trabalha, homem trabalha; Vai colher a silva; Faralhão tem um grupo; A vida no campo é bela; Camponesa alentejana; Que inveja tens tu das rosas; Aurora vive na serra; Seara ao vento suão; Ao romper da bela aurora; Pelo toque da viola.
In: "Corais Alentejanos", de JFP. Edições Margem. 1997.
NOTA: Este Grupo está desactivado. Grande parte dos seus elementos fazem parte do Grupo Coral Alentejano "Amigos do Independente" de Setúbal. Fica o registo.

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:
Grupo Coral Alentejano da Academia Recreativa de Linda-a-Velha
2795 Linda-a-Velha - Oeiras


Ficha Técnica:
- O Grupo foi fundado em 8 de Dezembro de 1982
- O Grupo é composto por 22 elementos.
- Trajo: Calça azul, escuro; Colete azul, escuro; Camisa branca; Lenço encarnado; Chapéu preto.
- Histórico:Tem actuações nos mais diversos pontos do País, com especial actividade no Alentejo, onde eram solicitados para Encontros de corais, tais como: No Alentejo: Torre dos Coelheiros, Portel, Serpa, São Bartolomeu do Outeiro, Portalegre, Vila Nova de Milfontes, Vila Nova de São Bento, Reguengos de Monsaraz e outras. Fora do Alentejo: Figueira da Foz, Casa do Alentejo, Viseu, Tires, Oeiras, Linda-a-Velha, Algés, Ansião, Santiago da Guarda, Lisboa na Federação das Colectividades de Cultura e Recreio, Academia de Santo Amaro de Oeiras, Carnaxide, Estádio Nacional, Alverca, Brandôa, Feijó, Escola Preparatória de Carnaxide, Monte Abraão, Casal de Cambra, Paço d'Arcos, Queijas, Abrantes, Buraca, Barcarena, Fundão, Parque Eduardo VII em Lisboa.
- Registos fonográficos: Gravaram em duas cassetes para uma edição da Casa do Alentejo, em 1985, conjuntamente com outros Grupos Corais da periferia de Lisboa.
- Repertório: Do seu reportório fazem parte as "modas", que mantém a tradição do "cante".
In: "Corais Alentejanos", de JFP. Edições Margem. 1997.
JOÃO RANHOLAS, de Portel.
Esteve na origem do Grupo Coral Alentejano da Academia Recreativa de Linda-a-Velha, Oeiras, fundado em 8 de Dezembro de 1982 Faziam parte das atividades culturais da Academia Recreativa de Linda-a-Velha, que representavam e onde o mestre João Ranholas era diretor.
Guardo como referência a sua sensibilidade e interesse na divulgação e dignificação do cante.
NOTA: O Grupo está desactivado. Fica o registo.

quarta-feira, novembro 18, 2015

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:
Grupo Coral "Voz do Alentejo" de Vila de Frades
7960 Vila de Frades

Ficha Técnica:
- O Grupo foi fundado em Agosto de 1978.
- O Grupo é composto por 24 elementos:
- Trajo: Colete castanho; Calça azul; Camisa azul, clarinha; Chapéu preto; Lenço rameado, com barra azul.
- Currículo: 15 a 20 desempenhos por ano, em todo o Alentejo e na zona da grande Lisboa, onde se realizam: Encontros de Grupos Corais, Desfiles e Festas. Salientamos algumas: Lisboa (Casa do Alentejo); Odivelas; Brandôa; Barreiro; Baixa da Banheira; Amadora; Vidigueira; Cuba; Ferreira do Alentejo; Beja; Évora; Portalegre. Fizeram uma gravação para Televisão, na SIC.
- Repertório: As "modas" que cantam são as que representam a zona onde se inserem e que conseguiram resistir às barreiras do tempo. A actualização das letras é da responsabilidade do Sr. Sebastião Miguinhas.
in: "Corais Alentejanos" deJFP. Edições Margem. 1997.
NOTA: Este grupo está desactivado. Fica o registo.
TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:
GRUPO CORAL “OS AMIGOS” DA VIDIGUEIRA
Rua General Humberto Delgado, Lote 7 - 7960 – 281 VIDIGUEIRA


Ficha Técnica:
- O grupo foi fundado em  Maio de 1996.
- Grupo de 28 cantadores.
Trajo: Calças de cotim, azul; Camisa aos quadrados, azul e branco; Botas.
Registos Fonográficos:
  1998 (CD): O Cante da Água -  Cante a Despique e Baldão
 (registo sonoro) ed.: ImagemImenso, Lda.
 Modas:   (...) Vou deixar o Alentejo; Eu sou marinheiro; (...)
 Fonoteca Faialentejo: cota: FF  CA CD-0023     
- Repertório: Convém referir, que a maioria dos elementos do Grupo, são oriundos de uma escola, de "cante", que teve como mestre o Sr. Manuel João Manços.  As modas que cantam, são as que melhor identificam a sua região e que ainda hoje permanecem bem vivas na sua terra. Salientam-se as seguintes: Ceifeira, linda ceifeira; Linda Rosa, tu não vás; Vou deixar o Alentejo; Silva que estás enleada; Foi Conde da Vidigueira; Linda Rosa; Pombinha branca; Ó águia que vais tão alta; Malmequer criado no campo; Meu Alentejo querido; Linda jovem pastorinha; Ora viva, ora viva.
In: "Corais Alentejanos", de JFP. Edições Margem. 1997.
Nota: Grupo desactivado. Fica o registo.
        

terça-feira, novembro 17, 2015

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:
Grupo Coral, Infantil, "Os Grilinhos" de Aljustrel
Escola nº. 3 do Ensino Básico de Aljustrel
7600 Aljustrel



Ficha Técnica:
- O Grupo foi fundado no ano lectivo de 1995/96
- Grupo composto por 31 elementos.
- Orientadores: Francisco Brás e Conceição Parreira
- Trajo: Raparigas: Saia azul; Camisa branca c/ punhos altos e gola redonda; Avental pequeno, rameado. Rapazes: Calça de cotim azul; Colete de cotim azul; Camisa branca; Lenço rameado.
- Reportório: Do seu reportório fazem parte as seguintes "modas": Ceifeira; Hino do Mineiro; Ó rama, ó que linda rama; O passarinho; A cegonha; Hino da criança (letra de "Bagacinha").
- O responsável pela informação: Ed. de Infância Conceição Parreira,
in.: "Corais Alentejanos" de JFP, Edições Margem. 1997.
NOTA: Grupo desactivado, Fica o registo.
TRATADO DO CANTE - Grupos Corais

Grupo Coral, Infantil, "Sementes do Alentejo"
Rua do Ouro, 3 - 7900 Alfundão


Ficha Técnica:
- O Grupo foi fundado em Novembro de 1996.
- O Grupo é composto por 20 elementos (A idade dos elementos do grupo variava entre os 5 e os 13 anos).
- Trajo: Raparigas: Saia amarela; Blusa azul, escura; Lenço amarelo. Rapazes: Calça azul, escura; Blusa amarela; Lenço azul, escuro.
- Reportório: Cantavam as "modas" que de certa forma representam o Alentejo, das quais se registam as seguintes: Pelo toque da viola; Alfundão é nossa terra; Ceifeira; Olá Rita; Menina estás à janela.
in: "Corais Alentejanos", de JFP. Edições Margem. 1997.
Nota: Criado e ensaiado por Mariana Reis. Este Grupo já não está em actividade. Fica o registo.