quinta-feira, março 16, 2017

TRATADO DO CANTE - Grupos Corais:

LOURES - SACAVÉM:

Grupo Coral da Liga dos Amigos
da Mina de São Domingos

Travessa do Chafariz, 6
2685 Sacavém
Tel.: 219 424 318






FICHA TÉCNICA:

. O Grupo foi fundado em 17 de Abril de 1976.

. Ensaiam aos Sábados, das 17 às 19 horas, no Sindicato dos Químicos.

. O Grupo é composto por 22 elementos:

. Trajo: Colete castanho; Calça castanha; Camisa branca; Cinta preta; Chapéu preto; Lenço vermelho.

. Histórico Têm uma média de 15 a 20 actuações por ano, com actuações em todo o Alentejo e zona da grande Lisboa, onde se realizam: Encontros de Grupos Corais; desfiles e Festas. Destacamos: Centro Cultural de Belém; Voz da Planície; Parque das Nações; FIARTIL; Museu da República; FOLKLOURES; Etc.. Gravaram para televisão (Canal 1), para um programa sobre a Mina de São Domingos. Tem colaborado em programas das rádios locais: Nova Antena e Horizonte Tejo. Fizeram uma gravação para a Rádio, no Algarve, em Faro.

. Registos fonográficos:
  1985 (K7): Cante Alentejano (registo sonoro). Edição da Casa do Alentejo .
Fonoteca Faialentejo: cota: FF  CA K7-0030


1987 (K7): Rancho Coral da Liga dos Amigos da Mina de São Domingos (registo sonoro) Edição: Rancho Coral da Liga dos Amigos da Mina de São Domingos
Fonoteca Faialentejo: cota: FF  CA K7-0032


1999 (K7): Nas Minas de São Domingos (registo sonoro. Edição: Iberdisco, Lda
Fonoteca Faialentejo: cota: FF  CA K7-0091


. Repertório: Do seu reportório fazem parte as "modas" que se cantam por esse Alentejo fora e que conseguiram resistir ao tempo. Algumas letras, da responsabilidade dos elementos do grupo, foram adaptadas ao momento actual e à zona onde estão inseridos. Destacam-se as seguintes "modas":Mina, terra arraiana; Ao romper da bela aurora, sai a pomba do pombal; Nosso lindo Portugal; Os trabalhadores passam a cantar; Eu hei-de ir ao Alentejo; Mértola és tão velhinha; Sacavém dos meus amores; Liga dos Amigos; Neste concelho de Loures; Toda a bela noite eu ando; Restolho da terra queimada. Nas Minas de S. Domingos (Mineiro); Moreninha dá-me um beijo; Alentejo dos lindos trigais; Venham ver o Alentejo; Mondadeiras lindo rancho; Mineiro alentejano; Já fui moço de recados; No jardim a sosa branca; Oh que linda pastorinha; Ao romper do dia; Só uma pena me existe; Com florinhas à janela;

. Objectivos: Divulgação do cante alentejano.

Consideram importante realçar o apoio concedido pelas Autarquias do concelho. Expressam, também, os seus agradecimentos ao Sindicato dos Químicos, pela cedência das instalações, para os ensaios.

In: “Corais Alentejanos” (em actualização). De JFP. Edições Margem. 1997. Pág.s: 299/301.


Sem comentários: