segunda-feira, março 20, 2017

TRATADO DO CANTE – Grupos Corais:

BARRANCOS – Barrancos

Grupo Coral Arraianos de Barrancos
7230 Barrancos




Ficha Técnica:   
        
. O Grupo foi fundado em Maio de 1984.

.Ensaios às 3ªs. e 5ªs. Feiras à noite.

. O Grupo é composto por 21 elementos.

. Trajo: Jaqueta cinzenta; Calça cinzenta; Camisa branca; Chapéu preto; Cinta preta.

. Histórico: Tem desempenhos em todo o Alentejo e na zona da grande Lisboa, onde participam em Encontros de Grupos Corais, Desfiles e Festas. Das suas actuações destinguem-se: Desfile no 1º. de Maio de 1984, em Lisboa; Festa do Caloiro em Coimbra, em 1984; Encontro de Corais de Évora em 1984; Encontro de Corais na FIL, em Lisboa, em 1985; Encontro de Corais em Barrancos, em 1995 e 1996; Encontro de Corais em Cuba, Grândola, Cacém, Tires, Baixa da Banheira, Viana do Alentejo, em 1996.

. Registos Fonográficos:
- Cassete audio em 1996.
- CD “Arraianos de Barrancos”. Edição: Chicuelo. S/D.
Cota FaiAlentejo: FF CA CD0080
Cota: 071.3 ARR BXB CD 5513 - Catálogo Cante Alentejano (Polo da Baixa da Banheira da Biblioteca da Moita).


. Repertório: Baseiam o seu reportório nas "modas" que se cantam por todo o Alentejo, com as adaptações das letras ao momento actual, considerando a zona onde estão inseridos. O seu cantar é marcado pelo seu enquadramento arraiano. Do CD “Arraianos de Barrancos”. Edição: Chicuelo. S/D. Modas: Barrancos és minha terra, Menina do Alentejo, Vamos lá seguindo, Ó água que vens do céu, Adeus minha mocidade, O rei da passarada, Ó meus tesouros queridos, A bandeira portuguesa, O cantar do meu canário, Borboleta mensageira, Cinzento pombo correio, Morre o rico morre o pobre, Já lá vem a Primavera, Barrancos terra distante, Vou beber à bica.


In: “Corais Alentejanos” (em actualização). De JFP. Edições Margem. 1997. Pág.s: 99/100.

Sem comentários: