domingo, abril 23, 2017

TRATADO DO CANTE – Grupos Corais:

ALVITO – Alvito

GRUPO DA Associação de Cante Coral Alentejano do Concelho de Alvito
Rua das Pereiras, 6
7920-256 Alvito





Ficha Técnica:             

. O Grupo foi fundado em 10 de Maio de 1976.

. Realizam o seu Encontro, anual, em Junho.


. Ensaiam na Sexta-feira na sede da Associação de Cante Coral Alentejano do Concelho de Alvito.

. O Grupo é composto por 23 elementos.

. Trajo Domingueiro: Mulheres: Saia azul; Blusa branca; Colete azul; Chapéu preto; Lenço garrido com fundo preto. Homens: Calça azul; Camisa quadrejada (azul e branco); Colete azul; Chapéu preto; Lenço garrido com fundo preto.

. Histórico: Ao longo da sua existência, tem tido atuações de norte a sul do País, com especial destaque para as suas participações nos Encontros de Grupos Corais, no Alentejo e na zona da grande Lisboa. Salientamos também as sua atuações em Braga e Badajoz.

. Registos fonográficos:
1993 (K7):

1994 (K7): Associação do Grupo Coral Alentejano de Alvito.
Edição de Maria L. S. H. Matos
Cota FaiAlentejo: FF CA K7-0065


1998 (CD): O Cante da Água - Cante a Despique e Baldão Edição: ImagemImenso, Lda.
Grupos: (…) Coral de Alvito; (…).
Modas: (…) Dá-me uma pinguinha de água; (…).
Cota FaiAlentejo: FF CA CD-0023


1998 (2 CDs ): O Cante Alentejano
Edição: Public-art, Editora - Coimbra
Grupos: (…) GC Alentejano de Alvito.
Modas: (2º.) (…) Fui à fonte beber água; Ceifeira, linda ceifeira; (…).
Cota FaiAlentejo: FF CA CD-0025


. Repertório: Do seu reportório constam as modas que se cantam por todo o Alentejo. A algumas adaptaram letras que se referem ao momento atual da vida no campo e à sua zona. Cassete (1994): Alvito és nossa terra; Ceifeira, linda ceifeira; Erva cidreira; Camponesa linda; Era triste ver partir; Alentejo têm; Velhinha e velha és Vila Nova; Ainda agora aqui cheguei; Já lá vem no alto mar; Linda jovem era pastora; Alvito, meu lindo Alvito; Estava de abalada; Alvito, Baixo Alentejo; Vou partir para o Canadá; Só uma pena me existe; Trigueirinha Alentejana.




In: “Corais Alentejanos” (em atualização), de JFP. Edições Margem. 1997. Pág.s: 95/96.

Sem comentários: