quarta-feira, setembro 20, 2017

TRATADO DO CANTE – Grupos Corais:

MOURA – Santo Aleixo da Restauração

Grupo Coral da Casa do Povo de Santo Aleixo da Restauração
7875 Santo Aleixo da Restauração



Ficha Técnica:   
        
. O Grupo foi fundado em 1934.

. Ensaiam às Terças e Sextas Feiras, à noite, na Casa do Povo.

. O Grupo é composto por 22 elementos.

. Trajo domingueiro: Calça preta; Colete preto; Camisa brenca;Chapéu preto; Lenço garrido, caído sobre os ombros.

. Histórico: Fizeram a sua gravação, em disco em 1940; Em 14 de Março de 1952, fizeram nova gravação, na Editora Valentim de Carvalho, de um disco "single". Em 1962, o Grupo passa a ser dirigido pelo Sr. Francisco Almeida Candeias, o grande pilar da sua formação e ao qual tem dado os melhores anos da sua vida. Em 1970 o Grupo é de novo convidado para gravar para o programa televisivo "O Povo canta", da autoria do prestigiado musicólogo Michel Giacometi, onde foram cantada a moda de janeiras: "À porta de uma alma santa". O ano de 1971, véspera de São João, consagra o Grupo com o 1º. lugar, entre 22 agrupamentos, no Concurso da Cantares Alentejanos, em Beja. Num interessante trabalho televisivo sobre Santo Aleixo da Restauração, emitido no dia 22 de Dezembro de 1971, a banda sonora do documentário é interpretada pelo Grupo. No ano de 1986, aquando da realização do X Festival Nacional de Folclore "Algarve 86", foi o Baixo Alentejo representado pelo Grupo de Santo Aleixo. O musicólogo, João Ranita Nazaré, conhecedor do trabalho desenvolvido pelo Grupo, recolheu o seu "cante" para o seu livro, "Momentos vocais do Baixo Alentejo, Cancioneiro de tradição oral", edição da Imprensa Nacional, nove "modas", que são cantadas pelo Grupo. Em 1988, é feita nova gravação em cassete audio "Cante Alentejano I" onde podem ser ouvidas algumas das "modas" que se cantam. Encerram o IV Congresso sobre o Alentejo, realizado em Moura. Actuaram na Casa do Alentejo, enquadrados na Semana dedicada ao Concelho de Moura. Actuaram para a Televisão, no programa dedicado à NBovel Cidade de Moura. Em 1996 voltam a gravar para um documentário, para televisão, sobre a vida de Michel Giacometi. Ao longo de toda a sua existência, o Grupo tem participado em diversos Encontros de Grupos Corais, por todo o País, com especial significado, nos desempenhos feitos no Alentejo e na zona da grande Lisboa.

. Registos fonográficos:
1988 (K7): Cante Alentejano  
Edição: DUPLISOM
Modas: Barco à vela; Anda cá meu lindo amor; Alentejo dourado; e outras.
Cota FaiAlentejo: FF CA K7-0015       


2002 – (CD) Santo Aleixo Tradição Musical.
- Editado por CNM – Companhia Nacional de Música.
- Modas: Santo Aleixo povo herói, Ao romper da bela aurora, Quando eu era solteiro, O passado já passou, lindo ramo verde escuro, pelo toque da viola, O pastor por esses montes, Já lá vem o barco à vela, Que inveja tens tu das rosas, Lindo Alentejo dourado, A idade é traiçoeira, Fui ao jardim passear, Mais vale tarde que nunca, O cheiro que a rosa tem, Pastorinha alentejana, Já lá vem no alto mar, Quinta feira de Ascenção, Ora vamos todos ao rio Guadiana, No nosso lindo Alentejo, Santo Aleixo já não tem.
Cota FaiAlentejo: FF CA CD0048


. Repertório: Single (1952): Já deixei o Alentejo; Lindo ramo verde escuro. Casssete (1988): Barco à vela; Anda cá meu lindo amor; Alentejo dourado (Manuel Gaspar); As restantes são da autoria de Bento Figueira.


Ln: “Corais Alentejanos” (em atualização). De JFP. Edições Margem. 1997. Págs: 171/173.

Sem comentários: